quarta-feira, 28 de março de 2018

Projeto “Julho Dourado” é aprovado na Assembleia

Além de instituir que a data conste do Calendário Oficial de Eventos do Estado, devem ser realizadas ações que promovam a qualidade de vida a animais de ruas e domésticos de estimação

Os deputados estaduais aprovaram nesta quarta (28), em primeira votação, o projeto de lei nº 268/2017, de autoria do deputado Cobra Repórter (PSD), que institui o “Julho Dourado”, determinado mês de julho como um mês de reflexão e promoção de eventos sobre a saúde de cães e gatos e de alerta para a importância da prevenção de zoonoses.Além de instituir que a data conste do Calendário Oficial de Eventos do Estado, devem ser realizadas ações que promovam a qualidade de vida a animais de ruas e domésticos de estimação. Também prevê a realização de palestras, seminários campanhas para orientar e prevenir as doenças transmitidas pelos animais e mais, promover campanhas de adoção e de conscientização contra o abandono.
“A questão dos animais domésticos e animais de rua precisa ser abordada já que estamos em um Estado com maior número de cães por domicílio e que tem uma população imensa de animais abandonados, especialmente cães e gatos. Precisamos promover a conscientização sobre a posse responsável, fomentar campanhas de castração e ações preventivas de zoonoses, campanhas de adoção e a integração entre a população, órgãos públicos e privados e organizações não governamentais que trabalham com animais”, afirma Cobra Repórter.Ele lembra também que tem trabalhado em outros dois projetos para os animais, que é o “Paraná sem abandono”, que visa orientar sobre a posse consciente dos animais e o “Castramóvel”, que são unidades móveis para castração de animais.O projeto entra em segunda votação na próxima semana e a expectativa é que até o final mês de abril o projeto esteja aprovado e sancionado pela governadora em exercício Cida Borghetti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário