quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Governo vai continuar pente fino e quer Bolsa Família com porta de saída

Ministro afirmou que o bolsa família terá 13º ainda este ano
Acabada a festa da posse, o governo mostra sua linha de trabalho e ela inclui uma mudança no Bolsa Família. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, usou a primeira entrevista depois de assumir o cargo na última quarta-feira (2) para falar da criação de uma porta de saída do programa. "Pelo menos um jovem por família deve ter oportunidade de fazer curso técnico ou receber microcrédito." O contexto da resposta do ministro sugere um nível alto na vontade de mudar o programa. A resposta ocorreu quando Osmar Terra foi questionado sobre a prioridade de trabalho no Ministério da Cidadania. Críticos do programa reclamavam que o Bolsa Família tornava os beneficiários dependentes. Ele não revelou a forma que a alteração será implementada ou quando a medida entra em vigor. O ministro se limitou a dizer que, em cada família que recebe o Bolsa Família, deve haver ao menos um jovem cumprindo um dos requisitos citados: fazer um curso técnico ou receber microcrédito para empreender. Ainda no discurso de posse, Osmar Terra reafirmou que haverá 13º salário no programa já neste ano.(UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário