Casos de dengue voltam a subir e devem ultrapassar último ano

Como ainda faltam quatro meses para o enceramento deste novo período, é muito provável que os casos de dengue fiquem acima do último ano
Em uma semana os casos de dengue confirmados no Paraná passaram de 798 para 962 no ano epidemiológico iniciado em agosto de 2018 e que se estende até julho deste ano. “A Secretaria de Saúde, junto com os municípios vem intensificando os trabalhos de combate ao mosquito transmissor da dengue. No entanto, reafirmamos a importância do envolvimento da população nesse trabalho”, fala o secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto. Os casos autóctones (contaminação no próprio município) aumentaram de 740 para 896 e os importados passaram de 58 para 66.No último ano epidemiológico — 2017/2017 — foram 992 casos da doença no Paraná. Como ainda faltam quatro meses para o enceramento deste novo período, é muito provável que os casos de dengue fiquem acima do último ano. também já está mais alto que o ano de 2016/2017, quando foram 870 casos em 12 meses, o mais baixo desde o início do acompanhamento da doença no Estado. Em 2015/2016 o Estado atingiu o recorde de casos — mais de 56 mil ocorrências e 63 mortes.Epidemia.Seis municípios paranaenses estão em alerta de epidemia, quatro a mais que na última semana epidemiológica – Itambé, Moreira Sales, Rancho Alegre, Santa Mariana, Nova Londrina e Capanema. Cinco municípios aparecem pela primeira vez na lista de ocorrências — Catanduvas, Cruzeiro do Sul, Nova Londrina, Santo Antonio do Caiuá e São João do Caiuá.(Bem Paraná)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.