domingo, 24 de março de 2019

Penitenciária poderá ser construída entre Mauá da Serra e Tamarana

O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), prefeito Ylson Álvaro Cantagallo (MDB), o Gallo, de Faxinal, acompanhado de alguns assessores, esteve vistoriando e fotografando anteontem uma obra pública abandonada existente entre os municípios de Mauá da Serra e Tamarana, margeando a rodovia PR-445. Essa construção, que era para abrigar a Colônia Penal Agrícola Estadual, teve seu início na década de 80. Ela foi planejada durante o governo Ney Braga para abrigar presos do regime semiaberto, mas as gestões seguintes não deram prosseguimento e acabou abandonada.Quase quatro décadas depois, o cenário é de mato alto e construções destruídas. As telhas, portas, janelas, encanamento e fiação elétrica foram furtados. A colônia, que seria a primeira do interior do Estado, nunca funcionou.De acordo com o prefeito Gallo, a intenção da Amuvi, conforme deliberado pelos prefeitos na última sessão ordinária realizada em Faxinal, é propor ao governador Ratinho Junior (PSD) a retomada desta obra para instalação de uma penitenciária estadual. A unidade abrigaria presos condenados de todos os municípios do Vale do Ivaí. Isso reduziria o grande número de pessoas que ocupam as cadeias dos 26 municípios do Vale. Gallo observa que o número de encarcerados hoje na região passa de 800, quando todas as celas das delegacias de polícia comportam no máximo 300, na sua totalidade.Segundo Gallo, a obra inacabada tem uma área em construção de aproximadamente 2 mil metros quadrados, em um terreno de 47 alqueires. Pelo menos sete famílias estão ocupando o terreno no entorno da edificação.A planta da construção foi elaborada para ser penitenciária, porém ficou na metade do caminho. “Trata-se de uma obra que pode ser retomada a um custo baixo, pois já tem toda uma estrutura levantada. Em pouco tempo, ela poderá estar funcionando e abrigando presos do Vale do Ivaí e vizinhança”, acrescenta Gallo.O presidente da Amuvi informou que vai levar esta reivindicação, com as fotos, ao governador Ratinho Junior numa audiência marcada para o próximo dia 28 (quinta-feira) no Palácio Iguaçu. “É um projeto que pode solucionar o problema de superlotação nas delegacias de polícia do Vale do Ivaí”, acredita.(Reportagem da Tn Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VALE DO IVAÍ TELECOM

CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO

PEREIRA MATERIAIS P/CONSTRUÇÃO

PEREIRA MATERIAIS P/CONSTRUÇÃO