Curta a nossa página e fique bem informado

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Surto de doença contagiosa suspende atendimento em CMEI de Marumbi

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Maria Villa de Carvalho, em Marumbi, suspendeu o atendimento nesta segunda-feira (8), após sete crianças e três funcionários serem infectados com impetigo, doença de pele altamente contagiosa. A medida foi tomada para evitar novas contaminações.
Segundo a secretária Municipal de Educação, Cristiani Brionis de Brito Gomes, existem ainda cerca de 30 casos suspeitos no CMEI, que no total atende uma média de 160 crianças, com idades entre 4 meses a 5 anos. Ela explica que, embora possa acometer pessoas de qualquer idade, o impetigo é mais comum em crianças entre dois e seis anos e por isso decidiu suspender as aulas para tomar as medidas necessárias. 
“Cessamos o atendimento por motivos de segurança. Assim, já providenciamos a higienização profunda do CMEI e também para desenvolver ações de conscientização junto à comunidade”, afirma a secretária.
A secretarias de Assistência Social e de Saúde também foram acionadas para ajudar a orientar e monitorar as famílias das crianças infectadas. “É uma doença contagiosa que depende de questões nutricionais e de higiene para ser curada. Por isso o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e o Conselho Tutelar também estão ajudando a monitorar as famílias, para ver se estão tomando os cuidados necessários, no intuito de impedir a propagação da doença”, explica. 
Uma reunião entre os pais e a médica da Clínica da Família está agendada para às 18 horas desta segunda-feira, com objetivo de orientar e esclarecer dúvidas. 
O QUE É IMPETIGO?

Impetigo é uma infecção cutânea, altamente contagiosa, causada por dois diferentes germes: o Staphylococcus aureus, uma bactéria gram-positiva, com o formato aproximado de um cacho de uva, que pode formar colônias na pele e nas narinas de pessoas saudáveis, e o Streptococcus pyogenes (estreptococos beta-hemolíticos do grupo A) que habita normalmente nossa pele, boca e trato respiratório superior.

De maneira geral, essas bactérias não fazem mal nenhum ao hospedeiro. No entanto, uma queda no sistema de defesa do organismo, um ferimento superficial na pele (um pequeno corte, um arranhão, a picada de um inseto) ou mesmo lesões provocadas por outras doenças de pele que possam servir de porta de entrada para o micróbio, são fatores favoráveis para a manifestação da doença.(Informações da Tn Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

blogger