Curta a nossa página e fique bem informado

sexta-feira, 14 de junho de 2019

Caminhoneiro é preso com "rebite" em Mauá da Serra

Durante a abordagem, os policiais descobriram que o motorista portava duas cartelas de um medicamento chamado “Nobésio extra forte”.
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um motorista profissional nesta quinta (13), em Mauá da Serra (PR), por porte de drogas para uso. Além disso, ele não cumpriu o prazo mínimo de descanso previsto em lei e foi autuado. Ele saiu na segunda (10), de Santo Antonio de Macupi (AM), e tinha como destino Florianópolis (SC). A carreta bitrem era conduzida por um homem de 50 anos.Durante a abordagem, os policiais descobriram que o motorista portava duas cartelas de um medicamento chamado “Nobésio extra forte”. Uma delas já estava aberta e a outra, intacta. No total, havia 25 comprimidos que poderiam ser ingeridos. Indagado, o homem não respondeu se havia ingerido o medicamento durante a viagem, razão pela qual não poderia ser enquadrado no crime e na infração de trânsito de dirigir sob o efeito de substância psicoativa. No momento da abordagem, não apresentava sinais de que havia consumido a droga, vulgarmente conhecida como “rebite”.O medicamento, que foi apreendido, possui em sua composição a droga anfetamina, proibida de ser vendida e consumida no Brasil. A droga costuma ser usada por motoristas para inibir o sono e prolongar a viagem, desrespeitando, assim, a lei do descanso (Lei nº 12.619/12).Além do medicamento, foi verificado pelos policiais, com base nas informações do tacógrafo, que o motorista desrespeitou o período mínimo de descanso, e por isso foi autuado em R$ 130,16 e quatro pontos na CNH, além da retenção do caminhão para cumprir o tempo de descanso até que possa retornar a dirigir.Ele foi detido e encaminhado até a Delegacia de Polícia Civil de Marilândia do Sul (PR), para o registro do crime de porte de drogas para uso. O caminhão, carregado com cerca de 35,7 m³ de madeira, foi retido ao pátio conveniado da PRF.(Tn Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

blogger