Curta a nossa página e fique bem informado

domingo, 26 de janeiro de 2020

VELÓRIO DA SOGRA-PIADAS DO PEZINHO

sábado, 25 de janeiro de 2020

Carro com placas de Borrazópolis se envolve em acidente no trevo de Jandaia

Prefeitura de Mauá da Serra divulga edital de Concurso Público

As inscrições para o concurso 01/2020 começam na próxima terça-feira (28)

images.jpg


A prefeitura de Mauá da Serra divulgou neste sábado (25), em seu site oficial, o edital do concurso público 01/2020.

As inscrições serão abertas na próxima terça-feira (28) e ficarão abertas até o dia 12 de fevereiro, elas serão feitas através do site www.klcconcursos.com.br

Os valores de inscrição variam de acordo com os cargos, sendo cobrados R$35,00 para vagas que pedem o ensino fundamental concluído, R$50,00 para vagas que pedem o ensino médio concluído e R$100,00 para vagas que pede ensino superior.

A prova escrita objetiva esta prevista para ser realizada no dia 1º de março, sendo divulgados os horários e locais no dia 21 de fevereiro.

A Prova Prática está prevista para ser realizada no dia 15 de março,  o horário e o local serão divulgados na publicação do Edital de Resultado Preliminar previsto para o dia 10 de março.

O edital ainda informa que, dependendo do número de candidatos inscritos, as datas previstas para a realização das provas podem ser alteradas.

Você pode conferir o edital completo do concurso 01/2020 de Mauá da Serra clicando aqui.

O Jornal Catugi estará acompanhando todas as informações que forem sendo divulgadas pela prefeitura de Mauá da Serra.

PIADAS DO PEZINHO COLHEITA CAQUI

Borrazópolis enquanto jogava bola, arrombaram o seu veículo e furtaram o...

Elementos roubam tênis e shorts de jovem em Ivaiporã

Valdinei Del Grande (DÍ) e Governador Ratinho Junior conversam sobre eleições municipais

Ratinho acredita e confia que Valdinei será uma ótima alternativa para administrar Borrazópolis
O vereador e diretor da Rádio Nova Era, Valdinei Del Grande (DÍ) esteve na tarde de sexta-feira (24 de janeiro) em Novo Itacolomi,ele foi representar o Deputado Estadual Artagão Junior na entrega das 42 duas casas. O Residencial João Rossatto foi inaugurado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e recebeu R$ 2,4 milhões de investimentos por meio do programa Nossa Gente,o crédito subsidia integralmente o valor dos imóveis aos beneficiários, que não precisaram arcar com qualquer custo.

Pedido de construção de Casas e outras demandas para Borrazópolis
O vereador bateu um longo papo descontraído com o Governador e falou de diversos assuntos, como a possibilidade de construção de casas desta modalidade para Borrazópolis e sobre mais veículos para a secretaria de saúde e outras demandas de interesse do município.

POLÍTICA
Dí e o Governador também falaram sobre as eleições municipais que irão acontecer em outubro deste ano.Ratinho Junior já agendou uma reunião para tratar sobre o assunto, pois ele acredita e confia que Valdinei será uma ótima alternativa para administrar Borrazópolis.


O radialista e apresentador do Show da Manhã na Rádio Nova Era, Lúcio Corrêa acompanhou o diretor da rádio e foi cumprimentado pelo Governador Ratinho Júnior.

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Veículo desgovernado bate em dois carros parados na Avenida Paraná-veja ...

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Plataforma dança Matrículas do projeto de dança já estão abertas

Apreensão de celulares e bebidas que seriam entregues a detentos, em Apucarana

Além dos celulares, tentaram entregar aos presos 18 garrafas de whisky
Foto: Reprodução/15º Ciretran
Foto: Reprodução/15º Ciretran
Fonte: TnOnline!

A Polícia Civil de Apucarana confirmou na manhã desta quarta-feira (21), que foram encontrados 23 celulares e 18 garrafas de whisky que seriam entregues aos detentos do minipresídio. Chama atenção que parte dos aparelhos foram encontrados no pátio da 15ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), localizada ao lado da cadeia. 
Conforme o delegado da 17ª Subdivisão Policial (SDP) Marcus Felipe da Rocha Rodrigues, os autores invadiram o pátio da Ciretran e jogaram os objetos no telhado do minipresídio com auxílio de uma escada, abandonada ao lado do muro. 
"O agentes perceberam uma movimentação suspeita dos presos no final de semana. A Polícia Civil foi chamada e encontramos alguns aparelhos no teto da cadeia. Fizemos uma vistoria e percebemos que os celulares foram jogados do pátio do Detran. Tinha até uma escada para facilitar o acesso de cima da cadeia", informa. 
O delegado ainda disse que tentaram entregar aos presos 18 garrafas de whisky, de 250 ml cada. "Conversamos com o Detran que já está providenciando um vigia noturno. Assim vai evitar que o pátio do órgão seja usado. Os agentes e a polícia estão atentos e impedindo que esses objetos entrem na cadeia", diz o delegado. 
A polícia agora investiga o caso para tentar identificar a autoria. "Vamos identificar quem são essas pessoas e proceder contra eles na forma da lei," afirma o delegado. 
O chefe da 15ª Ciretran Fernando Garcia Algarte, estava na unidade quando os celulares foram encontrados. De acordo com ele, o fato aconteceu entre a noite de sexta-feira (17) e madrugada de sábado (18). Os aparelhos estavam no chão, embrulhados em várias camadas de papel e plástico, amarrados com fio de nylon. "Tomamos as medidas cabíveis e avisamos a polícia que imediatamente recolheu os celulares", comenta. 
Segundo ele, a polícia solicitou as imagens gravadas pelas câmeras de segurança, no período entre as 23h e 8h, na tentativa de identificar a autoria. "Estou providenciando a solicitação que deverá ser encaminhada à central, em Curitiba", afirma Algarte, acrescentando que a vigilância noturna do prédio será reforçada. 

Caminhão de cerveja tem carga roubada, em Mauá da Serra

Foram levadas 396 caixas de 12 latas de cerveja

Na noite passada, uma carga de cerveja foi roubada de um caminhão que parou para pernoitar às margens da BR-376, no KM 298, em Mauá da Serra.

De acordo com o motorista, quando acordou para continuar a viagem,  ele percebeu que a lateral do seu caminhão havia sido arrombada e parte da carga levada.

Foram levadas 396 caixas de 12 latas de cerveja, da marca Brahma de 350 ml. Foi registrado o B.O e a equipe da PM orientou a vítima.

Caminhadas da Natureza completam 15 anos no Paraná

A prática surgiu na França em meados do século 20 para incrementar a economia em regiões rurais arrasadas pela Segunda Guerra Mundial
Caminhada em São José dos Pinhais, que lidera o ranking de participaçãoTrajetos em meio à natureza, passando por propriedades rurais e destinos que muitas vezes fogem do radar dos turistas dão o tom das Caminhadas Internacionais na Natureza, que já têm 160 circuitos confirmados neste ano no Paraná. O Instituto de Desenvolvimento Rural-Iapar-Emater divulgou o calendário 2020 dos eventos, com roteiros em todo o Estado que incluem caminhadas diurnas, noturnas, rotas de cicloturismo e até remada. Neste ano, as caminhadas completam 15 anos no Paraná.
Desde a primeira rota, organizada em 2005 em São Miguel do Iguaçu (Oeste), as Caminhadas na Natureza ganharam terreno no Paraná. No ano passado, aproximadamente 70 mil caminhantes participaram dos passeios. O Estado também concentra mais da metade dos cerca de 300 circuitos brasileiros catalogados pela Anda Brasil, a Confederação Brasileira de Esportes Populares, Caminhadas na Natureza e Inclusão Social.
A prática surgiu na França em meados do século 20 para incrementar a economia em regiões rurais arrasadas pela Segunda Guerra Mundial e se alastrou pelo mundo não só como atividade esportiva, mas também valorizando o turismo rural. “É uma forma de fazer girar a economia no campo”, afirma a gestora estadual de Turismo Rural do instituto, Terezinha Busanello Freire.
“As caminhadas são gratuitas, mas os agricultores sempre têm a oportunidade de servir um almoço ou café da manhã e vender os produtos feitos por eles aos caminhantes”, explica. “Mais do que um esporte saudável, as Caminhadas na Natureza permitem que as pessoas conheçam o meio rural, aprendam a conservar o meio ambiente e a valorizar os produtores locais, além de gerar renda às famílias dos agricultores”.
Incentivo

Responsável pela implantação das Caminhadas na Natureza no Estado, o Instituto de Desenvolvimento Rural-Iapar-Emater vai aprimorar, neste ano, as metodologias das Caminhadas na Natureza para valorizar ainda mais o turismo rural. A ideia é promover oficinas com os municípios, agricultores e organizadores para tirar mais proveito do potencial econômico da prática e profissionalizar a venda de produtos.

Também estão sendo preparados roteiros voltados especificamente para atividades da agricultura familiar, como rotas do queijo, do café, de flores e de frutas, que têm foco no turismo de experiência e na imersão nas propriedades rurais.

Governo estuda recriação do Ministério da Segurança Pública, diz Bolsonaro

O presidente deixou claro que, caso decida recriar o ministério, Moro seguirá no comando da Justiça
Resultado de imagem para foto de moro
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na manhã desta quinta-feira, 23, que o governo estuda a possibilidade de recriar o Ministério da Segurança Pública mesmo contra a vontade do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), que atualmente é o responsável pela área.
"É comum (o governo) receber demanda de toda a sociedade. E ontem (quarta-feira) os secretários estaduais da segurança pública pediram para mim a possibilidade de recriar o Ministério da Segurança. Isso é estudado. É estudado com o Moro... Lógico que o Moro deve ser contra, mas é estudado com os demais ministros", disse Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada, antes de embarcar para a Índia.
O presidente deixou claro que, caso decida recriar o ministério, Moro seguirá no comando da Justiça. Segundo ele, o convite para o ex-juiz federal integrar o governo, em 2018, foi feito antes de se pensar na ideia de formar um "superministério" para ele - composto por Justiça e Segurança Pública.
"Se for criado, aí o Moro fica na Justiça. É o que era inicialmente. Tanto é que, quando ele foi convidado, não existia ainda essa modulação de fundir (a Justiça) com o Ministério da Segurança."
Bolsonaro destacou que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já indicou ser favorável à recriação da pasta. "O Rodrigo Maia é favorável à criação da Segurança. Acredito que a Comissão de Segurança Pública (da Câmara) também seja favorável. Temos que ver como se comporta esse setor da sociedade para melhor decidir", declarou o presidente.
Segundo aliados de Bolsonaro, o maior entrave para a retomada da pasta seria criar um desgaste público com Moro, o ministro mais popular do governo, acima até do próprio Bolsonaro. No ano passado, o presidente cogitou a recriação do Ministério da Segurança, mas enfrentou resistências justamente devido às críticas de que a medida poderia esvaziar a pasta de Moro.

Motorista morre carbonizado em acidente em São Pedro do Ivaí

Policia entra em confronto com bandidos na região

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

'Não tenho esse tipo de pretensão', diz Moro sobre 2022

O Ministro falou sobre uma possível candidatura para as eleições de 2022
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, negou, nesta segunda-feira, 20, uma eventual candidatura à Presidência da República, durante o programa Roda Viva, da TV Cultura.
"Não tenho esse tipo de ambição. Temos de ter bastante pé no chão, existe o famoso ditado antigo que diz sic transit gloria mundi (toda glória do mundo é transitória, em latim). Então, essas questões de popularidade, elas vem, vão, passam, e o importante para mim é fazer meu trabalho como ministro da Justiça, e foi o que eu me propus com o presidente, acho que estamos num caminho certo", afirmou.
Questionado se assinaria um documento em que se comprometeria a não concorrer, o ex-juiz da Lava Jato afirmou: "não faz sentido assinar um documento desse, porque muitas pessoas assinaram e depois rasgaram. Eu não tenho esse tipo de pretensão".
O presidente Jair Bolsonaro chegou a cogitar o nome do ex-ministro para seu vice nas próximas eleições. Pesquisa Datafolha divulgada em janeiro indica que o ministro da Justiça é conhecido por 93% dos brasileiros e aprovado por 53%. Antes, o mesmo instituto divulgou pesquisa de avaliação do presidente da República, Jair Bolsonaro, indicando que a aprovação dele é mais modesta, de 30%.
Moro, no entanto, afirma que o "candidato do presidente Jair Bolsonaro deve ser ele mesmo". "Ele já manifestou o desejo de ser reeleito", disse.
"Se um ministro do presidente Jair Bolsonaro, evidentemente, os ministros vão apoiar o presidente. É um caminho natural. Eu não tenho esse tipo de ambição. Eu posso dizer: minha vida é suficientemente complicada Eu estou pensando no presente momento. Não posso pensar no que vou fazer daqui a dez anos", afirmou o ministro, que ainda especulou sobre a possibilidade de tirar "um ano sabático" ou de migrar para a iniciativa privada.

Bolsonaro aprova 51 mil vagas em concursos públicos no Orçamento de 2020

O número corresponde a um aumento de mais de 1.400% em relação à previsão de 2019


Sancionado sem vetos pelo presidente Jair Bolsonaro na última sexta-feira (17), o Orçamento de 2020 da União prevê 51.391 vagas para concursos públicos de órgãos do Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público.

O número corresponde a um aumento de mais de 1.400% em relação à previsão de 2019, quando o governo havia deixado espaço para contratação de 3.369 servidores.

Do total de vagas para 2020, 45.816 (cerca de 89%) são para provimento, ou seja, são vagas consideradas uma necessidade preexistente e que decorrem, geralmente, de mortes e aposentadorias.

Já o restante é referente aos chamados postos de criação, que são aqueles que resultam de um processo de planejamento de expansão do número de servidores de cada pasta, órgão ou autarquia.

A maioria das vagas para 2020 concentra-se no Executivo, área que não estava contemplada no Orçamento de 2019.

Neste ano, são 46.708 destinadas ao Executivo, no total. Na sequência, estão o Judiciário (3.288), a Defensoria Pública da União (1.216), o Legislativo (154) e o Ministério Público da União e Conselho do Ministério Público (25).

“A previsão das vagas no Orçamento não quer dizer que todas elas vão, de fato, ocorrer, mas é uma sinalização, uma intenção inicial do governo de se fazer esses concursos”, diz André Marques, coordenador do Centro de Gestão e Políticas Públicas do Insper.

Para Marques, o aumento de 2019 para 2020 é positivo para quem pretende prestar um concurso ou para quem já foi aprovado em um, mas vai de encontro ao discurso de enxugamento do Estado atualmente defendido pelo governo.

“Por um lado, você tem a ideia de se melhorar a eficiência dos servidores públicos, num cenário em que o governo pretende depender menos de pessoas e mais de processos e tecnologias e, por outro, você tem de equilibrar com as aposentadorias, as pessoas que estão saindo, e contratar mais gente. Tem que ponderar e ver qual é a máquina mínima, depois de todas essas avaliações.”

Raul Velloso, consultor econômico especializado em contas públicas, defende que a realização de concursos públicos na iminência de uma reforma administrativa federal deve ser um processo liderado com cautela.

“Tem que ser muito bem estruturado, até porque, no Orçamento, cada pasta defende a contratação de pessoal para si, mas tem que ver como que o Ministério da Economia vai administrar isso depois, quando for definir a autorização dos concursos.”

“Fazer qualquer mudança muito impactante na administração de pessoal antes de uma reforma importante como é a administrativa, você pode estar colocando qualquer economia prevista quase que por ralo abaixo se a estratégia for mal pensada”, diz André Marques, do Insper.

Diretor de prisão e mais 30 são detidos após fuga do PCC no Paraguai

Eles são suspeitos de terem facilitado a fuga de 75 integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital)


O diretor do presídio de Pedro Juan Caballero e outros 30 agentes carcerários -de diferentes níveis hierárquicos- estão detidos. Eles são suspeitos de terem facilitado a fuga de 75 integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), na madrugada deste domingo (19).


O governo paraguaio já havia anunciado os afastamentos de Joaquín González, diretor-geral de estabelecimentos penitenciários; Matías Vargas, chefe da Segurança; Cristian González, diretor da prisão, além de cinco agentes penitenciários.
Três promotoras estão à frente das investigações pelo MP paraguaio: Reinalda Palácios, Irene Álvarez e Fabiola Molas. Elas foram, na tarde deste domingo, ao presídio fazer vistoria. Após a vistoria, elas pediram a detenção dos 31 para esclarecimentos, segundo informou o MP ao UOL.

“Com a autorização judicial e acompanhamento das juízas de execução Dalmi Gómez e a juíza de sentença Carmen Silva, foram apreendidos celulares para cruzamento de chamadas e análise de informações, tanto das pessoas detidas como de aparelhos celulares encontrados em um escritório invadido”, informou a Promotoria, em nota.

A juíza de execução ordenou, de forma provisória, que os outros 81 presos do pavilhão que não fugiram fiquem num pavilhão contíguo. Os procedimentos do MP foram realizados em conjunto com a Polícia Nacional.

O ministro do Interior, Euclides Acevedo, afirmou que Brasil e Paraguai estão trabalhando juntos para tentar recapturar os 75 criminosos. Para ele, houve claro envolvimento dos agentes penitenciários.

“Estamos trabalhando com a hipótese de que houve uma liberação de presos. A cumplicidade pessoal dos agentes não é só verossímil, como é quase evidente”, afirmou.

Ministra colocou o cargo à disposição Neste domingo, a ministra da Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez, colocou seu cargo à disposição do presidente, Mario Abdo Benítez, o que não foi acatado de início.

“A responsabilidade política deste ministério é minha. E eu trabalho e devo ao presidente, à sociedade e opinião pública. O presidente tomará a decisão que tiver de tomar”, informou a ministra, por meio de nota.

A ministra disse, no entanto, que o presidente determinou que ela siga trabalhando para reverter a situação, considerada pelo governo como grave, para que “se determinem as responsabilizações e que sejam processadas as pessoas envolvidas”.

Fuga de membros do PCC Na madrugada deste domingo, 75 homens presos em Pedro Juan Caballero, acusados de integrar ou colaborar com o PCC, fugiram através de um túnel cavado. Apenas um deles, que seria o 76º a fugir, foi detido.

Segundo o Ministério da Justiça, dos 75 fugitivos, 40 são brasileiros. O ministro do Interior, Euclides Aceved, afirma, desde domingo, que houve, possivelmente, auxílio de agentes penitenciários para a fuga.

O ministro afirmou que o túnel pode ter sido apenas uma fachada para ocultar um possível auxílio. Entre a saída do túnel cavado e uma guarita, há distância de apenas 25 m. Outra guarita está a 70 m do local.

Em dezembro do ano passado, o governo paraguaio havia identificado um suposto plano de fuga de membros do PCC no presídio da cidade. A suspeita é de que a facção brasileira tinha oferecido US$ 80 mil a agentes penitenciários e policiais.

Paraná tem o 2º menor número de mortes em rodovias federais em dez anos, diz PRF

Em relação ao ano anterior, o total de mortes oscilou 1,2%
Quinhentas pessoas morreram e outras 8.551 saíram feridas em acidentes de trânsito registrados nas rodovias federais do Paraná ao longo de 2019. O número de mortes é o segundo menor dos últimos dez anos, acima apenas do total verificado em 2018, quando houve 494 mortes e 8.348 vítimas feridas no estado.
Os dados são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que divulgou seu balanço anual na manhã desta terça-feira (21).
Em relação ao ano anterior, o total de mortes oscilou 1,2%. E o de feridos, 2,4%. Já o total de acidentes atendidos pelas equipes da PRF caiu 3,1% –passou de 7.955 para 7.705.
O pico de vítimas mortas dentro da série histórica ocorreu em 2012, quando 855 pessoas perderam a vida em rodovias federais paranaenses (veja gráfico).

Perfil dos acidentes fatais

As principais causas dos acidentes que resultaram em vítimas mortas no ano passado foram falta de atenção do condutor (21% das mortes); falta de atenção do pedestre (17,2%); desobediência às normas de trânsito pelo condutor (16,8%); velocidade incompatível (16,4%); ultrapassagem indevida (6,2%), ingestão de álcool (4,6%); sono (3%); e desobediência às normas de trânsito pelo pedestre (3%).
Quase metade das mortes ocorreram em colisões frontais (24,8%) ou em atropelamentos (24,6%). A maioria dos óbitos ocorreu em situação de pista seca (82,4%), em trechos de reta (65,4%), no período noturno (64,5%), em rodovias de pista simples (53,5%) e de sexta-feira a domingo (52,2%).
Motociclistas ou passageiros de motocicletas foram 22,2% das vítimas mortas. Ciclistas, 4,2%. Homens representaram 83,8% do total de óbitos.

Ações de fiscalização

Em 2019, os policiais rodoviários federais flagraram 4.216 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas no Paraná. O número é 9,3% superior ao verificado no ano anterior, quando houve 3.858 flagrantes.
Outros 19,9 mil motoristas foram autuados por ultrapassagens proibidas, que estão entre as principais causas das colisões frontais.
A PRF constatou ainda 2.047 crianças sendo transportadas sem cadeirinha, assento de elevação ou bebê-conforto.
Ao longo de 2019, mais de 20,2 mil veículos foram recolhidos aos pátios da PRF no estado, por diferentes irregularidades. No caso específico de caminhões, por exemplo, quase 8,6 mil toneladas de excesso de peso foram detectadas.
A Polícia Rodoviária Federal fiscaliza cerca de 3,9 mil quilômetros de malha viária no Paraná.

Balanço resumido de ocorrências de trânsito em rodovias federais no Paraná (2019):

- 500 mortes;
- 8.551 feridos;
- 7.705 acidentes atendidos;
- 4.216 flagrantes de embriaguez;
- 19.961 ultrapassagens proibidas;
- 2.047 crianças sem cadeirinha;
- 20.229 veículos recolhidos;
- 8.593 toneladas de excesso de peso.

Fonte:PRF

Cuidados para conservar alimentos devem ser redobrados no verão

O descuido com o preparo e a conservação pode ocasionar infecções e intoxicações

Resultado de imagem para preservação de alimentos

A Secretaria de Estado da Saúde alerta para a importância de intensificar os cuidados para garantir a conservação dos alimentos nos períodos mais quentes. O calor propicia a multiplicação de bactérias e outros microrganismos, além da produção de toxinas que podem contaminar os alimentos e a água. Os produtos de origem animal, como carnes, leite, ovos e derivados, são perecíveis e devem receber atenção especial, pois sofrem rápida deterioração com as altas temperaturas.
O descuido com a conservação e o preparo pode ocasionar infecções ou intoxicações, as chamadas Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs), cujos sintomas mais comuns são vômito, diarreia, dores abdominais, náuseas e febre, que podem se agravar, trazendo complicações e até a morte.
A coordenadora da Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde, Luciane Otaviano de Lima, orienta que na hora da compra devem ser observadas as características dos produtos. “Os alimentos refrigerados e congelados precisam estar armazenados em locais adequados. As embalagens dos congelados, por exemplo, não podem apresentar-se amolecidas ou danificadas com indícios de descongelamento”.
Ela salienta ainda a importância das precauções necessárias para a compra de pescados frescos, já que são produtos altamente perecíveis. “Os peixes frescos devem apresentar olhos brilhantes e salientes, textura firme com escamas bem aderidas à pele, as guelras fortemente rosadas ou de coloração vermelho vivo, úmidas e brilhantes, a superfície do corpo limpa, com brilho metálico, carne firme com consistência elástica; abdômen tenso, que não deixa marca à palpação dos dedos, além de odor suave”, explica Luciane.
No caso dos crustáceos – camarões, siris, caranguejos, lagostas – o aspecto deve ser brilhante e úmido, corpo com curvatura natural rígida, carapaça bem aderida ao corpo, odor e cor característicos da espécie, sem pigmentações estranhas, artículos firmes, olhos vivos e destacados.
DENÚNCIA – Caso o consumidor identifique irregularidades, deve denunciar à Vigilância Sanitária do município. A denúncia pode ser feita também à Ouvidoria Geral da Saúde pelo telefone 0800 644 4414.
Dicas para comprar e preparar alimentos com segurança:
- Verificar com atenção o prazo de validade.
- Lavar as mãos antes de iniciar a preparação e durante o processo, sempre que necessário.
- Higienizar o local de preparo, equipamentos, superfícies e utensílios como faca e tábuas de corte.
- Lavar frutas, verduras e legumes em água corrente.
- Evitar a contaminação cruzada com a separação de carnes e peixes crus de outros alimentos, com o uso de diferentes utensílios, como facas e tábuas e corte, além de guardar os alimentos em recipientes/embalagens fechados para que não haja contato entre produtos crus e cozidos.
- Descongelar os alimentos em refrigerador ou em forno de micro-ondas, quando for submetido imediatamente ao cozimento, para garantir sua conservação.
- Refrigerar os alimentos cozidos e perecíveis preferencialmente abaixo de 5°C, e, quando cozidos, mantê-los quentes acima de 60°C até o momento de serem servidos.
- Utilizar somente água tratada ou fervida.
- Usar água potável para o preparo de gelo. Quando o gelo é utilizado para refrigeração externa de latas, garrafas plásticas ou de vidro, ou em isopor, mesmo que feito com água potável, ele perde sua característica de inocuidade (de não causar dano à saúde) ao ser aberto e exposto a esses recipientes. Nesse caso, não deve ser ingerido com bebidas ou outros alimentos.

Furtos de animais em Ariranha do Ivaí

Rio Branco do Ivaí Casa é furtada enquanto donos viajam

Homem é socorrido pelo Samu ao ser agredido dentro de casa

A vitima relatou que estava andando dentro de sua residência, quando recebeu uma pancada
Um homem foi agredido dentro da própria residência. A Policia Militar (PM), foi acionada para uma ocorrência na Rua, Barão do Cerro Azul, por voltas das 18h, em Ivaiporã. Segundo informações um homem  havia sido agredido. No local a vitima relatou que estava andando dentro de sua residência, quando recebeu uma pancada, mas não soube precisar se apanhou de alguém, bateu em alguma coisa ou caiu. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgências) esteve no local, prestou o devido atendimento e o encaminhou ao Hospital Municipal para cuidar de um corte localizado na testa da vitima.

IPVA pode ser pago em todos os bancos e casas lotéricas

Há sete bancos credenciados para recolher o IPVA
Desde segunda-feira (20), o IPVA – Imposto sobre Circulação de Veículos Automotores pode ser recolhido em qualquer banco e também casas lotéricas. A ficha de compensação está disponível no site da Secretaria da Fazenda. O vencimento do tributo começa na quinta (23), de acordo com o final da placa do veículo. Quem optar pelo pagamento parcelado em três vezes deve seguir o calendário que também está disponível na página da secretaria. De acordo com o gerente do Setor de IPVA da Receita Estadual, Leonardo Marcon, há sete bancos credenciados para recolher o IPVA (Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop). Nestas instituições, com exceção do Banco do Brasil, é possível fazer o recolhimento apenas apresentando o número do Renavan, tanto no caixa interno do banco como no caixa automático.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Rapaz furta papelaria em Apucarana,tem vídeo do suspeito

Homem fica ferido com disparo acidental de arma de fogo em São Pedro do ...

Leva facada enquanto fazia churrasco em Mauá da Serra

domingo, 19 de janeiro de 2020

INCÊNDIO DESTRÓI RECUPERADORA EM MARINGÁ - VEJA OS VÍDEOS

Jovem é assassinada com 25 facadas em Sarandi

sábado, 18 de janeiro de 2020

Roubo e furto registrados em Faxinal

Perdeu o controle da direção e bate no muro da UBS na Vila Verde

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Clonagem de WhatsApp faz cada vez mais vítimas no Paraná

O número de casos registrados desde julho do ano passado passaria de 500

Fonte: Bem Paraná

Aplicativo mais utilizado em todo o mundo, o WhatsApp tem atraído a atenção de cibercriminosos, que criam ataques ou inventam maneiras de ganhar algum tipo de vantagem por meio do mensageiro. E embora não seja algo inédito, uma modalidade de golpe tem ganhado destaque no Paraná nos últimos tempos: a clonagem de conta de WhatsApp.

No Paraná, o número de casos registrados apenas desde julho do ano passado no Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber), da Polícia Civil, já passaria de 500, segundo apurou a reportagem. Conforme o delegado José Barreto, que desde novembro último comanda o Nuciber, atualmente metade dos Boletins de Ocorrência (BOs) registrados na unidade dizem respeito aos casos de clonagem de WhatsApp.

Bandidos usam a criatividade para conseguir código

Para clonar uma conta de WhatsApp, o cibercriminoso cadastra indevidamente o número de telefone do usuário em um outro dispositivo e, após esse processo, um SMS contendo um código de liberação de acesso é enviado ao celular da vítima. É aí que o bandido usa da criatividade para induzir a vítima a fornecer esse código ao hacker, que em seguida rouba sua conta e bloqueia o seu acesso à rede social.

“Geralmente, as vítimas entram em sites para vender alguma coisa e cadastram o celular, colocam o telefone. Nisso, aparece no site que a pessoa é usuário novo, aí o estelionatário liga para ela, se passa por administrador do site e que precisam confirmar que a pessoa de fato é quem está fazendo anúncio, para evitar fraudes. Vai levando a pessoa na conversa, diz que precisa de um código para confirmar o cadastro e pede o código verificador. A vítima não nota que é o código do Whats e acaba passando, de forma que o indivíduo clona esse WhatsApp, tem acesso aos contatos e começa a fazer pedidos se passando pela vítima”, relata o delegado José Barreto.

Copel flagra 43 “gatos” por dia em todo Paraná

As práticas de furto de energia e de adulteração no medidor se enquadram nos crimes previstos pelo Código Penal Brasileiro


Equipe da Copel em ação
Fonte: Bem Paraná





Equipes de combate a ligações irregulares e fraudes no sistema de medição de energia da Copel detectaram ao longo do ano passado, em todo o Paraná, 10.849 procedimentos irregulares realizados por consumidores – o equivalente a 43 casos confirmados por dia.
O trabalho de fiscalização possibilitou a recuperação de 43,5 GWh (gigawatts-hora) de energia, o que seria suficiente para abastecer uma cidade com 25 mil habitantes durante um ano inteiro.

As práticas de furto de energia e de adulteração no medidor se enquadram nos crimes previstos pelo Código Penal Brasileiro. A apuração e cobrança do consumo não registrado baseiam-se na Resolução Normativa da Agência Nacional de Energia Elétrica (414/2010), que estabelece o pagamento da energia desviada e de custos administrativos. A Copel mantém atualmente 40 equipes dedicadas à atividade de inspeção das instalações, que em 2019 garantiu a recuperação de R$ 34 milhões.

O combate aos procedimentos irregulares exige tecnologia e gestão adequados. Isso porque a maior parte dos casos detectados atualmente, cerca de 80%, não é feita diretamente na rede, mas dentro da entrada de serviço das unidades consumidoras.

Para potencializar a soma de esforços com a Polícia Civil na investigação dos casos, no ano passado técnicos da Companhia Paranaense de Energia participaram de atividades formativas para peritos da corporação.

O superintendente comercial da Copel Distribuição, João Acyr Bonat Junior, alerta que a prática pode prejudicar os consumidores que pagam sua conta de luz regulamente. Isso porque, sem o trabalho de fiscalização por parte da empresa, parte dos valores iria para a conta de luz daqueles que pagam em dia. Ele chama a atenção também para a questão de segurança. “As ligações irregulares trazem risco de choque elétrico para quem as executa, e ainda podem causar sobrecarga na rede, provocando variação de tensão, e até incêndios”, afirma.

DENÚNCIAS – Quem tem informações sobre ligações irregulares ou fraudes na medição da energia elétrica pode oferecer uma denúncia anônima para que a Copel possa verificar a situação.

No ano passado, foram 5 mil denúncias recebidas pela Companhia, que direcionaram 10% das inspeções feitas pelas equipes de campo. A denúncia pode ser registrada pelo telefone 0800 51 00 116, selecionando no menu inicial “outros serviços” e, em seguida, “informações comerciais”.

Notas do Enem 2019 são divulgadas pelo Inep

Resultado individual do Enem já está disponível


Resultado individual do Enem 2019 é divulgado — Foto: Reprodução/Inep

As notas individuais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foram divulgadas nesta sexta-feira (17) por volta das 8h30 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
Os participantes poderão consultar a nota da redação (que varia de zero a 1 mil) e o desempenho em cada área de conhecimento: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza e matemática.

De acordo com o Inep, 3.709.809 pessoas fizeram o Enem 2019 em 3 e 10 de novembro – 72,81% dos 5.095.388 inscritos.

Quem fez a prova como “treineiro”, ou seja, que ainda não concluiu o ensino médio, terá que esperar até março para acessar o boletim individual. O espelho da redação também será divulgado na mesma data.

As noticias da manhã de sexta feira (17)

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Mulher descobre píton vivendo dentro do colchão em que dormia

Chuvas provocam estragos em Maringá

Rompimento de adutora interrompe fornecimento de água em Borrazópolis


O rompimento da adutora de captação de água de Borrazópolis vai comprometer o abastecimento da cidade durante esta quinta-feira (16). O equipamento faz a captação da água do rio Laranja Doce, principal fonte de abastecimento do município.De acordo com o gerente regional da Sanepar Luiz Carlos Jacovassi, o rompimento aconteceu durante a madrugada de hoje, causado pela ação do tempo no equipamento. "Essa adutora trabalha com uma pressão muito grande de água, e é comum que, com o tempo, ela venha a se romper", explicou.Ainda de acordo com o gerente da estatal, equipes já estão trabalhando no local para restabelecer o fornecimento, que deverá ser normalizado somente no final do dia.(Tn Online)

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 27 milhões no sábado

A quina teve 28 apostas vencedoras

Resultado de imagem para mega sena

Nenhum apostador acertou os seis números do concurso nº 2.224 da Mega-Sena desta quarta-feira (15). Foram sorteados os números 16, 23, 32, 50, 52, 58. Segundo estimativa da Caixa, o concurso de sábado (18) deverá pagar R$ 27 milhões.

A quina teve 28 apostas vencedoras e cada uma vai receber um prêmio de R$ 78.328,49. A quadra saiu para 2.283 apostadores, que receberão prêmio de R$ 1.372,37. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 4,50. Nesse caso, a chance de acerto (probabilidade estatística) é de uma em mais de 50 milhões.

Valor do campo chega a R$ 75,7 bilhões no Paraná em 2019

O Paraná ocupa a terceira posição no VBP nacional
O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) do Paraná encerrou 2019 com R$ 75,7 bilhões, cerca de R$ 600 milhões a mais que em 2018. Apesar do crescimento no ano passado, na série histórica o VBP paranaense de 2019 ainda fica menor que os anos de 2013, 2015 e 2016, com valores de R$ R$ 76,4 bi, R$ 77,4 bi e R$ 78,6 bi, respectivamente.
O Paraná ocupa a terceira posição no VBP nacional, atrás apenas de Mato Grosso (R$ 101,7 bilhões) e São Paulo (R$ 78,1 bilhões). Minas Gerais aparece em quarto, com R$ 61,9 bilhões e o Rio Grande do Sul fecha o top cinco (R$58,7 bilhões).
O VBP nacional fechou o ano passado com R$ 630,9 bilhões, 2,6% acima do obtido no ano anterior. O valor é recorde para a série histórica, iniciada em 1989, superando o VBP de 2017 (R$ 627,1 bilhões). 
As informações são do site Bem Paraná.

Paraná atinge menor nível de sindicalização de trabalhadores na historia

Os resultados do Paraná seguem uma tendência nacional
Imagem relacionada
Fonte: Bem Paraná
Por décadas a principal frente de luta dos trabalhadores na busca por mais direitos e melhores condições de emprego, os sindicatos estão à míngua no Paraná. Conforme dados divulgados nesta semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018 o número e o porcentual de trabalhadores sindicalizados no estado atingiram o menor nível da série histórica, iniciada em 2012.
De acordo com a Pesquisa Nacional de Domicílios (PNAD Contínua), no ano passado, o número de pessoas ocupadas no Paraná chegou a 5,54 milhões, com alta de 1,89% na comparação com 2017 (5,44 milhões). Apesar da alta na taxa de empregabilidade, a sindicalização de trabalhadores registrou queda pelo terceiro ano consecutivo: em 2018, 620 mil trabalhadores paranaenses estavam sindicalizados, o equivalente a 11,2% do total de pessoal ocupado. Em 2017, eram 700.828 trabalhadores associados a sindicatos (12,9% do total).
Os resultados do Paraná seguem uma tendência nacional. No Brasil, apenas 12,5% (11,5 milhões de pessoas) dos 92,3 milhões de pessoas ocupadas no ano passado estavam associadas a algum sindicato, sendo que em relação a 2017, quando a taxa era de 14,4%, houve redução de 1,5 milhão de trabalhadores sindicalizados no país.
Ainda considerando os dados a nível nacional, a maior taxa de sindicalização em 2018 ocorreu entre trabalhadores do setor público (25,7%), seguido por trabalhadores do setor privado com carteira assinada (16%). Os trabalhares sem carteira no setor privado apresentaram uma das menores estimativas de sindicalização (4,5%). Já os trabalhadores por conta própria tiveram taxa de sindicalização de 7,6%.
A pesquisa também analisou o número de pessoas sindicalizadas em relação ao grupamento por atividades, sendo que nove das dez categorias analisadas apresentaram a menor taxa de sindicalização desde 2012. As maiores perdas ocorreram no setor de Transporte, armazenagem e correio (de 17,5% em 2017 para 13,5% em 2018) e no de Alojamento e Alimentação (de 6,8%para 5,7%).
De acordo com a pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy, as duas atividades com mais perdas foram justamente as que mais geraram ocupação, a de transporte por causa dos aplicativos e a de alimentação pelo fenômeno dos ambulantes de comida.
“As duas atividades cresceram com trabalhadores mais precarizados, normalmente sem carteira de trabalho ou por conta própria, que são trabalhadores que de fato não têm mobilização sindical”, aponta a pesquisadora. “Então a queda de sindicalização nessas duas atividades, principalmente no caso dos transportes, pode estar associada a um processo de precarização dos trabalhadores nessas atividades”, completa.
Número de pessoas trabalhando em veículo cresce 24%
Em 2018, o número de pessoas trabalhando em veículos, como motoristas de aplicativos, taxistas e motoristas e trocadores de ônibus, teve crescimento de 24,3% no Paraná, passando de 146.381 pessoas para 182.973. É a maior alta, em termos porcentuais e absolutos, desde 2012, início da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada pelo IBGE.
Já aqueles que trabalham em local designado pelo empregador, patrão ou freguês, grupo que inclui os entregadores em geral, registrou a segunda maior alta da série histórica e atingiu o seu maior contingente: são 527.722 pessoas, 4,6% a mais na comparação com 2017.
“As recentes altas podem estar relacionadas ao crescimento dos serviços de transportes de passageiros e de entregas por aplicativos de celular, refletindo as mudanças na economia atual”, comentou a pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy.
Por fim, a pesquisa mostrou também que houve aumento de 2,70% na quantidade de paranaenses trabalhando em vias públicas em relação a 2017, somando 57.488 trabalhadores. Entre essas pessoas estão, por exemplo, vendedores ambulantes. No Brasil inteiro, são 2,3 milhões de pessoas trabalhando nessas condições, diz o IBGE.
Sindicalização no paraná
Total de pessoas ocupadas no estado
2018
5.542.040
2017
5.439.349
2016
5.438.634
2015
5.479.671
2014
5.492.954
2013
5.498.609
2012
5.425.544
Total de pessoas ocupadas e sindicalizadas
2018
619.841
2017
700.828
2016
854.465
2015
946.303
2014
835.949
2013
827.865
2012
969.827
Porcentual de trabalhadores sindicalizados no Paraná
2018
11,2%
2017
12,9%
2016
15,7%
2015
17,3%
2014
15,2%
2013
15,1%
2012
17,9%