Curta a nossa página e fique bem informado

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Borrazópolis-Mulher é agredida pelo pai que é detido pela PM

 A vítima começou a relatar dores em sua boca a qual foi prontamente levada ao hospital municipal para atendimento médico
Era por volta das 19:30 desta quinta-feira (31 de janeiro)c compareceu ao destacamento policial de Borrazópolis a senhora T L do N S a qual passou a relatar a equipe que se  encontrava em sua residência, momento em que ela e seu pai o senhor identificado por R C da S tiveram uma discussão devido a questões familiares, momento este da discussão o mesmo começou a xingar a vítima de biscate, idiota e trouxa e proferir ameaças de retirar a sua filha e também veio a lhe agredir com socos, chutes e tapas os quais ocasionaram lesão em sua boca. Diante do exposto e também da vontade de representação da vítima a equipe saiu em buscas do autor dos fatos sendo este localizado na Rua Antenor Moreira Bonfim defronte ao numeral 83, sendo que o autor senhor R foi lhe dada voz de prisão e cientificado de seus direitos constitucionais. A vítima começou a relatar dores em sua boca a qual foi prontamente levada ao hospital municipal para atendimento médico e posteriormente.
Ambos foram encaminhados até a 53ª DRP de Faxinal para as providências cabíveis. Com a chegada da equipe policial na 53ª drp por volta das 21h30min fomos informados pelo investigador de polícia F S G que não faria o recebimento do preso, somente quem realizaria esse procedimento seria o delegado de polícia Drº R A de O M, e que isso só ocorreria na manhã seguinte. Após essa informação a equipe entrou em contato com o Copom 6°CIPM para receber orientação aos procedimentos a serem adotados. O Copom retornou a equipe por volta das 23h10min informando que foi realizado contato com o delegado chefe da regional da polícia civil, Delegado Drº G D da S, que informou que o referido delegado tem autonomia para adotar esse procedimento. Diante do exposto ressalto que os municípios de Borrazópolis e Cruzmaltina ficaram sem qualquer atendimento da Polícia Militar visto que a equipe de serviço teve de fazer a guarda do preso até o recebimento dele pela Delegacia que não ocorreu ate o encerramento deste relatório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

blogger