Curta a nossa página e fique bem informado

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Dono de propriedade é indiciado:Polícia Civil de Marilândia do Sul conclui inquérito sobre morte de 4 trabalhadores

o inquérito concluiu que os trabalhadores morreram por negligência
A Polícia Civil de Marilândia do Sul concluiu o inquérito que apurava a responsabilidade pelo acidente que matou 4 trabalhadores soterrados em um sítio no Distrito de São José, zona rural do município, no mês passado. O dono da propriedade Edio Pascoal, foi indiciado pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Além do indiciamento de homicídio pelas 4 mortes, Pascoal também irá responder por lesão corporal, no caso do trabalhador que sobreviveu ao acidente.De acordo com o delegado responsável pelo caso Felipe Rodrigues, o inquérito concluiu que os trabalhadores morreram por negligência, ou seja, a fatalidade poderia ter sido evitada caso o proprietário do sítio tivesse feito a contratação de uma empresa especializada com um projeto de engenharia para a realização da obra, que respeitasse a segurança dos trabalhadores.A conclusão do inquérito será encaminhada ao Ministério Público na semana que vem. O proprietário do sítio indiciado pelo crime permanece em liberdade.O acidente aconteceu no dia 30 de agosto. Morreram no soterramento, Igor Daniel da Silva, 17 anos, Josimar Pereira de Souza, 23 anos, Valdeir Barbosa, 38 anos e Jonas Benedito Lopes, 31 anos.Os trabalhadores estavam em uma obra de instalação de tubulação de irrigação quando foram soterrados por volta das 16h30. Haviam cinco pessoas trabalhando no local. Um foi socorrido pelas equipes de resgate e encaminhado ao Hospital da Providência de Apucarana. Ederson Teles Proença, de 36 anos, foi o único sobrevivente.(Tn Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

blogger