Curta a nossa página e fique bem informado

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Tem jacaré no Litoral, e ele chama a atenção de veranistas

Placa da Prefeitura alerta para a existência do jacaré em Matinhos


Placa da Prefeitura alerta para a existência do jacaré em Matinhos
Fonte: Bem Paraná

Na beira de um canal localizado na Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira (PR-412), em Matinhos, no litoral do Paraná, uma placa chama a atenção. “Cuidado com o jacaré”, diz a mensagem da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que traz ainda um desenho do réptil.

O local de “residência” do jacaré fica próximo a comércio, residências e até mesmo uma escola municipal. Há cinco anos vivendo no canal, alimenta-se de peixes e acabou se tornando uma espécie de símbolo, parte integrante do folclore matinhense. Até mesmo batizado o bicho já foi pelos moradores, tendo ganhado o nome de “Adilson”.

No final do ano passado, contudo, o jacaré acabou matando um cachorro, o que motivou a criação de um plano de realocamento dos répteis. A ideia era que os animais fossem levados para a ‘nova casa’ até o final do ano passado, o que ainda não teria acontecido, segundo relataram moradores e comerciantes da região — a equipe de reportagem esteve no local no penúltimo dia de 2019.

“Faz uns cinco anos já que ele está aí. É de tamanho médio, costuma aparecer nos dias de calor e fica na lateral do canal, tomando sol”, afirma a proprietária de um imóvel bem em frente ao canal. “Nós até fizemos uma proteção para ele não ficar subindo aqui, porque temos cachorros. Mas ele nunca fez nada para pessoa alguma”, explica.

Acredita-se que o jacaré seja da espécie Jacaré-de-papo-amarelo, que integra a lista do Ibama de animais em risco de extinção. Um pedido para a remoção do animal do local já foi feito ao Ibama e a realocação foi autorizada. A ideia é colocá-lo em um mangue, junto a outros jacarés, segundo a Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário