apoios

RANCHO JJ NA AVENIDA PARANÁ
Direção Aguinaldo e Rose
FAÇA A SUA APOSTA DA LOTÉRICA ZEBRA DA SORTE
AVENIDA JOSÉ NALINE EM BORRAZÓPOLIS
Consertos e vendas de celulares em frente a praça da república telefone 99660-5617
NO PÁTIO DO POSTO BORRAZÓPOLIS
Do amigo Hélio Vettor em Borrazópolis
A LOJA DO TAVINHO
NA SAÍDA PARA FAXINAL
DESDE 1963 JUNTO COM VOCÊ
ENTREGAS E ORÇAMENTOS PARA TODO O VALE DO IVAÍ
PERFUMES DA NATURA
DIREÇÃO DO TIAGO E CARLA
conserto e vendas de celulares
AO LADO DO HOSPITAL MUNICIPAL
DIREÇÃO DO AMIGO WESLEY E CAROL
EM FRENTE AO SICREDI
QUALIDADE,BOM PREÇO E HONESTIDADE
NA SAÍDA PARA KALORÉ
CARROS PERICIADOS E DE PROCEDÊNCIA

domingo, 29 de novembro de 2020

Reino Unido deve começar a vacinar contra a Covid-19 nos próximos dias

O Reino Unido pode se tornar o primeiro país do Ocidente a aprovar uma vacina contra a Covid-19 e iniciar a imunização em dias, segundo o jornal Financial Times. De acordo com o diário, a vacina desenvolvida pela BioNTech em parceria com a Pfizer deve receber autorização da agência regulatória do país nas próximas horas e as primeiras doses da vacina devem ser aplicadas no dia 7 de dezembro. Normalmente, as vacinas eram normalmente autorizadas pela Agência Europeia de Medicamentos até o final da transição Brexit, em 31 de dezembro. No entanto, a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde do Reino Unido (MHRA, na sigla em inglês) tem o poder de autorizar temporariamente os produtos, em casos de necessidade urgente.Oxford e AstraZeneca publicaram resultados provisórios de eficácia no último dia 22. Eles mostraram que a vacina pode ser 90% eficaz quando administrada em meia dose seguida por uma dose completa. Esses dados levantaram dúvidas, embora a MHRA tenha aprovado o uso do regime de meia dose e dose completa aplicadas em um dos grupos de voluntários do estudo.O principal consultor científico do Reino Unido disse na quinta-feira (26) que os resultados provisórios mostraram que a vacina de Oxford funciona. "O resultado principal é que a vacina funciona e isso é muito emocionante", afirmou Patrick Vallance durante uma entrevista coletiva com o primeiro-ministro Boris Johnson.(CNN Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário