Professores só voltam às salas de aula depois de vacinados, diz Ratinho Jr


“Nós queremos fazer o retorno às aulas. Mas nós também não podemos fazer isso sem ter segurança em especial para os professores, que estão no grupo de risco na faixa de 30 a 50 anos. Quero que o professor volte para a sala de aula de aula sem se colocar em risco”, disse o governador Ratinho Jr.

As aulas presenciais na rede pública estadual de ensino do Paraná só devem ser retomadas após a vacinação dos professores e trabalhadores da educação. Ratinho Jr prevê que a vacinação da categoria deve acontecer em abril, após a imunização de todos os paranaenses com mais de 60 anos, e que as aulas devem retornar a partir de maio.

“Como esta segunda onda veio de forma muito rápida, muito forte, nós estamos aprendendo como funciona essa transmissão dessa nova cepa. Mantendo as aulas remotas, assim que fechar a vacinação o ciclo de 60 anos, acredito que em meados de abril vamos vacinar os nossos policiais e professores. Em meados de maio os professores poderão voltar para a sala de aula”, previu.     PUBLICIDADE


“Se a gente conseguir vacinar antes, ótimo, a gente volta antes. Mas eu estou dando esse prazo do mês de abril, que a gente vai ter esse tempo para poder vacinar”, apontou Ratinho Jr.

As aulas presenciais no Paraná estão suspensas desde março de 2020, por causa da pandemia. No início do ano, o governo anunciou a retomada a partir de 18 de fevereiro, em modelo híbrido, com metade dos alunos presentes nas escolas e os demais em aulas remotas. Mas com o agravamento da pandemia e o crescimento do número de mortes, casos e superlotação de hospitais, o governo acabou recuando, e suspendeu o retorno por tempo indeterminado.(Fábio Campana)

Postar um comentário

0 Comentários