sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Homem agride ex-namorada e é esfaqueado pela mãe dela

A mãe da vítima alegou que esfaqueou o agressor para defender a filha

Um homem levou a pior após agredir sua ex-namorada em Betim, Minas Gerais, na última quarta-feira (25). 

O agressor, de 30 anos, desferiu golpes contra a jovem, de 20, e também a empurrou contra um carro em movimento. Mas a mãe da vítima, na tentativa de defender a filha, esfaqueou o indivíduo, que foi preso pela Polícia Militar (PM).

De acordo com as informações da polícia, por conta da violência física e emocional, a jovem decidiu acabar com o relacionamento que tinha com o suspeito. Então, ela foi morar com a mãe em uma casa próxima aonde vivia com o ex-companheiro.


Infeliz com o término, o homem começou a ameaçar a vítima. Ainda conforme a PM, boletins de ocorrência foram registrados por ela.

Na madrugada da última quarta, o indivíduo foi até à residência da ex-namorada, onde bateu no portão e alegou que "colocaria fogo", segundo testemunhas. Momentos depois, ele voltou "simulando ter uma arma de fogo" e ameaçou "derrubar o portão", caso a ex-companheira não saísse para fora do imóvel.

Então, ela saiu para conversar com o homem, mas, acabou sendo agredida por ele com socos e pontapés. A jovem caiu no chão e o agressor continuou com a violência. Logo após, a vítima foi empurrada contra um automóvel em movimento.

A mãe da vítima desferiu golpes de faca no sujeito para defender a filha. Mesmo ferido, o agressor fugiu a pé. Os militares disseram que ela afirmou ter agido para "defender a filha", e que estava "muito abalada" com o ocorrido.

De acordo com a PM, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer a vítima e a encaminharam para uma Unidade de Pronto Atendimento (Upa). A vítima ficou gravemente ferida por conta das agressões sofrida, ela "desmaiou várias vezes", segundo a polícia.

O criminoso recebeu atendimento médico, por conta das facadas que sofreu, e foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia de Betim. O homem foi preso em flagrante por tentativa de feminicídio, além de delito de stalking.

Conforme a Polícia Civil (PC), a jovem ainda não pode prestar depoimento ainda, pois está hospitalizada. As autoridades alegaram que "a mãe da vítima, ao que tudo indica, agiu em legítima defesa e não responderá, em razão da excludente do crime (da ilicitude)".

O homem tem passagem por tráfico de drogas.

Com informações; G1. e Tn Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário